Regina Sousa volta a ocupar a presidência do PT no Piauí; vídeo

Ela disse que as portas do partido não estão fechadas

Image title

O Partido dos Trabalhadores (PT) no Piauí volta a ter o comando da senadora Regina Sousa. Ela pediu licença de seis meses no começo do ano para organizar a vida em Brasília onde assumiu a cadeira do atual governador Wellington Dias no senado da república. “A gente vais seguir a programação que já tem no partido. Então o partido nesse periodo de final de ano, faz a reunião com o diretório exatamente para passar esses caminhos para o final de ano  onde o principal objetivos são os encontros regionais. A gente vai fazer encontro nas regiões com os dirigentes partidários, com os prefeitos dos partidos para começar a traçar a estratégia para 2016", esclarece a senadora.

Em relação ao período eleitoral do ano que vem, a Senadora garante que o partido terá candidaturas em vários municípios, mas em Teresina a negociação fica a cargo do diretório municipal. “Teresina é uma prerrogativa do diretório municipal abrir a discussão. Eles já fizeram uma reunião, depois então tem os vereadores da capital que tem essa prerrogativa também e o diretório estadual entra como um auxiliar, como um parceiro. E no estado o diretório estadual coordena. A gente já começou  várias discussões. Estamos reunindo, principalmente onde temos prefeituras, reunindo nossos prefeitos, vendo quem é que vai para reeleição, quem é que vai indicar alguém da base, essas conversas já está acontecendo”, disse Regina Sousa.

A senadora Regina Sousa disse que não tem portas fechadas no partido e que pode até conversar com o prefeito de Teresina, Firmino Filho e com o PSDB sobre as eleições do de 2016. “Todo mundo que já teve ou tem parceria com o PT, já caminha junto, tem possibilidade. Nós temos dificuldades com quem não é parceiro, mesmo assim  não está fechado o diálogo. Nem com a prefeitura de Teresina, não está fechado o diálogo por conta da boa convivência, agora é dificil com a prefeitura por conta das questões partidárias, revelou a senadora.

Fonte: Portal MN