Reitoria da UESPI irá emitir carteira estudantil

Reitoria da UESPI irá emitir carteira estudantil

15/01/2006 - 09:38

Diante do pedido dos representantes da Liga dos Centros Acadêmicos, grêmio que reúne a maioria dos Centros Acadêmicos da Universidade Estadual do Piauí - UESPI, a reitora da Instituição, professora Valéria Madeira, assinou, na sexta-feira (13), nos termos do Art. 1° da Lei Federal 2.208/01, o Ato N° 01, de 05 de Janeiro de 2006, que regulamenta a emissão de identidade estudantil pela própria Universidade. Todavia, os C.A´s ficarão responsáveis pelo recolhimento das guias de solicitação das carteiras e, também, de enviá-las ao Núcleo de Processamento de Dados - NPD dos alunos interessados em adquirir o documento.

O Ato, também, dispõe sobre a participação dos alunos nos colegiados da Universidade (Conselho Universitário, Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, Conselho de Centro de Ensino, Conselho de Campus e Colegiado de Curso), conforme os Art. 76, 77 e 78 do Estatuto da UESPI. Para isso, independente da constituição civil, os Centros Acadêmicos precisam se cadastrar junto à Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários - PREX. "Esse é um passo importante para que seja intensificado o processo de descentralização das questões acadêmicas e administrativas da UESPI", ressaltou a reitora Valéria Madeira, que já coordenou, em 2005, a implantação dos conselhos de Campus em Campo Maior e Picos.

A presidente do C.A do Curso de História, Elisa Maria Rodrigues da Silva, afirmou que esse é um momento histórico para os alunos da UESPI. Segundo ela, o valor da carteira a ser confeccionada ficará no mesmo valor das emitidas pelas representações estudantis da Universidade Federal do Piauí - UFPI e Centro de Ensino Federal Tecnológico - CFET, algo em torno de 7,00. Ela acredita que em média 9 mil alunos da UESPI usam carteira. "Tivemos que tomar essa medida porque não temos um Diretório dos Estudantes legitimado pelos Estudantes", ressaltou a líder estudantil, que também é aluna de Jornalismo.

O processo de confecção e emissão será acompanhado por um grupo de trabalho formado por estudantes de diversos cursos, inclusive dos campi do interior. Caberá à Universidade, informar e manter entendimentos com o Sindicato das Empresas de Transportes Urbano de Teresina - SETUT para que as carteiras recebam o código de barras, imprescindível à inserção de créditos. A competência da UESPI em providenciar as identidades estudantis é provisória, os alunos estão se articulando para que nos próximos anos eles mesmos, por meio de uma entidade legitimada pela classe estudantil, assumam a função.

Participaram, ainda, da solenidade o chefe da Procuradoria Jurídica da UESPI, professor Antônio Gonçalves Honório; Marcos Aureliano Dias de Sousa, estudante de Medicina; Dionísio Carvalho Neto, estudante de Comunicação Social (Campus de Picos); Vanussa da Silva Mendonça, aluna de Comunicação Social (Teresina); Misael Rodrigues, aluno de Letras/Português; Rafael Francisco Viana de Carvalho, estudante de História; Mayara Suelem Bastos Silva, estudante de Comunicação Social (Teresina) e Kleber Lima dos Santos.

Fonte: UESPI

FONTE:
TÓPICOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo