Rejane Dias busca R$ 109 mi para escolas em tempo integral no Piauí

Atualmente, 24 cidades do Estado já possuem escolas no regime

Incluída nas diretrizes do PNE (Plano Nacional de Educação), a expansão na rede de tempo integral já é uma realidade no Piauí; liderada pela deputada federal licenciada, Rejane Dias (PT), a Secretaria de Educação apresentou um ousado projeto ao Banco Mundial, representado pela consultora Louis Maria; estabelecendo, dentre outras vertentes, a evolução no sistema até 2019, abarcando mais 18 municípios.


Image title

Ao todo, a ação demandará investimentos de até R$ 109 milhões, contemplando recursos para adequação física, manutenção, estruturação dos laboratórios de informática e ciências, dentre outros; os valores deverão ser demandados da parceria com a instituição internacional.

Atualmente, 24 cidades do Estado já possuem escolas no regime, sendo no total 42, beneficiando cerca de 11,9 mil estudantes das mais variadas regiões; nos próximos três anos o número saltará para 78 unidades, evoluindo gradativamente de acordo com as etapas descritas pela pasta.

Com o fim do processo, aproximadamente 40 mil alunos da rede pública estarão estudando em centros de ensino do tipo, nisso, a principal meta converge para o oferecimento de uma formação completa e de qualidade, retirando os alunos da condição de vulnerabilidade no período em que estariam fora da escola. A iniciativa entra em consonância com o indicativo do Governo Federal, sendo amplificado dia a dia pela atual gestão.

PLANO ESTADUAL - O projeto da Secretaria se antecipa aos indicativos reverberados pelo PEE (Plano Estadual de Educação), que tramita na Assembleia Legislativa; pauta que propõe o estabelecimento do regime de tempo integral em 30% das unidades escolares do Piauí no período de dez anos. A matéria deve ser votada nas próximas semanas no Plenário da Casa.

Fonte: Francy Teixeira