Rejeição ao Congresso Nacional atinge 37%

A pesquisa foi realizada entre segunda e quinta-feira, com 11.204 entrevistados

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (21) mostra que a reprovação ao Congresso Nacional cresceu. A parcela de brasileiros que avalia o trabalho de deputados federais e senadores como ruim ou péssimo atingiu a marca de 37%. A pesquisa foi divulgada pelo jornal ?Folha de S.Paulo?.

A pesquisa foi realizada entre segunda e quinta-feira, com 11.204 entrevistados e tem margem de erro de dois pontos percentuais para cima e para baixo.

A maior rejeição é encontrada entre os mais escolarizados (47% dos que avaliaram ?ruim e péssimo?), os que têm maior renda (45%) e os que moram em capitais e regiões metropolitanas (45%).

A rejeição ao Congresso é seis pontos percentuais maior desde a última pesquisa, realizada em novembro do ano passado, mas oito pontos melhor que o ápice negativo da legislatura (2007-2011), atingido em novembro de 2007, quando o então presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) enfrentava acusação de ter tido contas pagas por um lobista.

Avaliação positiva

De acordo com a pesquisa Datafolha, há uma parcela de 16% dos brasileiros que considera a atuação do Congresso como ?boa ou ótima?.

Este grupo é formado por pessoas com idade entre 16 e 24 anos (21%), por pessoas que moram no Nordeste e no Centro-Oeste (20%) e pelos que ganham até dois salários mínimos (19%) e os que têm até o ensino fundamental (18%).

Aprovação de Lula

Na sexta-feira (20), o Instituto Datafolha divulgou nova pesquisa sobre a aprovação do governo Lula. Os dados mostram que a aprovação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva caiu em relação à última pesquisa, realizada em novembro: era de 70% e agora caiu para 65%.

O Datafolha informa que esta foi a primeira queda na avaliação de Lula no segundo mandato, iniciado em 2007. Nos últimos meses, com o agravamento da crise econômica, a nota dada ao governo Lula também caiu, de 7,6 para 7,4, em igual período.

Fonte: g1, www.g1.com.br