Roberto Jefferson deixa a prisão e dispara: "Quero namorar muito"

O acusado foi condenado mas vai cumprir em liberdade

O ex-deputado Roberto Jefferson saiu do Instituto Penal Francisco Spargoli Rocha, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, às 11h03 deste sábado (16). Ele foi autorizado pelo ministro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), a cumprir o restante de sua pena em regime aberto, após ser condenado no julgamento do mensalão do PT.

Condenado a 7 anos e 14 dias de prisão em regime semiaberto pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, ele começou a cumprir a pena em fevereiro do ano passado em uma prisão em Niterói.

"Nao posso falar muito, tem a vedação do ministro Barroso, vou respeitar, mas estou bem, graças a Deus, de volta para casa", foram as primeiras palavras de Jefferson à imprensa que o aguardava. O ex-deputado afirmou ainda que a primeira coisa que irá fazer é "namorar muito".

Image title

Image title


Fonte: G1