Rodrigo Maia afirma que Câmara só votará nova Previdência em 2017

Maia disse que sua prioridade zero será a aprovação na Câmara.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), afirmou que a proposta de reforma da Previdência que o presidente Michel Temer promete enviar ao Congresso neste mês só será votada em plenário em 2017.

De acordo com ele, mesmo que o projeto chegue ao Legislativo no prazo cometido, o máximo que será possível fazer até dezembro será concluir a análise inicial da proposta, com a aprovação do texto pela comissão especial que a Câmara vai criar para debater o assunto antes do plenário.

Maia disse que sua prioridade zero será a aprovação na Câmara da proposta de emenda à  Constituição que impõe um teto para o crescimento dos gastos públicos nos próximos anos, encaminhada por Temer em junho.

“A reforma da Previdência eu acho que termino na comissão até o final do ano. A minha prioridade mesmo, que acho que para o governo e para o Brasil é fundamental, é a PEC do teto dos gastos. Se estiver com ela encerrada na Câmara e encaminhar bem a reforma da Previdência na comissão, acho que terei colaborado muito para o Brasil começar a recuperação econômica”, afirmou Maia.

Michel Temer e Rodrigo Maia (Crédito: Reprodução)
Michel Temer e Rodrigo Maia (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do Folha de São Paulo