Roriz é denunciado como chefe de esquema de corrupção

Segundo o MP, ex-governador do DF teria desviado recursos públicos.



O ex-governador do Distrito Federal Joaquim Roriz foi denunciado pelo Ministério Público como chefe de um esquema de corrupção no Banco de Brasília (BRB). Roriz teria usado o banco para desviar recursos públicos e lavar dinheiro. Uma das ações teria sido a renegociação da dívida com a construtora WRJ Engenharia. A empresa teria feito empréstimos no banco para construir o prédio Residencial Monet, em Águas Claras, em troca da doação de 12 apartamentos para as filhas de Joaquim Roriz.

Além do ex-governador, o esquema envolveria ainda o ex-presidente do BRB Tarcísio Franklim e outras 21 pessoas da direção do banco.

A assessoria de Roriz disse que ainda não foi notificada da ação e assim que tomar conhecimento formal da denúncia vai analisar e responder. O processo corre em sigilo de justiça.

Fonte: g1, www.g1.com.br