Rosário Bezerra visita Shopping da Cidade

Por outro lado, muitos reclamavam da queda das vendas, e principalmente, da mensalidade paga pelo box, que hoje é de R$ 103,00.

Nesta terça-feira (13) pela manhã, a vereadora Rosário visitou o Shopping da Cidade. Durante a visita ela conversou com os vendedores ambulantes locados nas novas instalações e pôde observar que a maioria deles aprova o novo local pela questão do conforto, de não ter mais que estar de baixo de chuva e sol, de não precisar montar e desmontar barraca todos os dias e nem precisar mais pagar por depósitos para guardar suas mercadorias.

Por outro lado, muitos reclamavam da queda das vendas, e principalmente, da mensalidade paga pelo box, que hoje é de R$ 103,00. Eles alegam que o lucro é mínimo e não tem condição de ainda ter que pagar um valor tão alto pelo aluguel. Outra reclamação feita foi pela falta de um estacionamento que impede a visita dos clientes, por encontrarem dificuldade em estacionar e acabarem desistindo de ir ao Shopping.

Raimundo Venâncio, vendedor de jogos e acessórios é um dos que afirma que as instalações são bem melhores. ?As vendas não estão tão boas como eram lá fora, mas só pelo fato de nos não termos mais de pegar chuva e sol e ter um lugar para guardar nossas mercadorias já está melhor?.

O Shopping foi inaugurado em 29 de junho de 2009 possuindo 1.915 box de vendas.

Vereadora participa de audiência pública que discutiu a criação de campi da Uespi na zona sul

Durante a tarde desta terça-feira (13), a vereadora participou da audiência pública realizada no plenarinho da Assembleia Legislativa de Teresina que tratou da criação de um campi da UESPI ? Universidade Estadual do Piauí, na zona sul da capital. A zona é a única que não possui um campi da Universidade na cidade. A audiência foi proposta pela deputada Flora Izabel.

Rosário Bezerra demonstrou seu apoio à propositura dizendo; ?as discussões estão no caminho certo só em estarem permitindo o diálogo sobre a causa. A zona sul deve sim, também poder usufruir do ensino e do conhecimento através da criação de uma universidade estadual em sua localidade?.

Vários órgãos representativos estavam presentes como o Fórum da Zona Sul, Federação das Associacoes dos Moradores do Piauí - FAMEPI, Sindicato dos Professores da Uespi, CSU (Centro Social Urbano) do Parque Piauí, etc, além de estudantes do colégio CAIC Promorar e do reitor da Uespi, Carlos Alberto.

Carlos Alberto falou sobre a realidade da Uespi, expondo números e valores atuais sobre a situação da instituição, querendo demonstrar que atualmente a instituição não tem condição de ser expandida, visto que existem deficiências internas quanto a infra-estrutura, corpo docente, dentre outras, que merecem prioridade de tratamento em detrimento da expansão da universidade para o campi da zona sul hoje, sendo considerada a melhoria da qualidade do ensino prestado pela instituição.

Fonte: Ascom