Russomanno volta a crescer e chega a 35%; José Serra caiu

José Serra, do PSDB, oscilou mais um ponto para baixo e foi de 22% para 21%

Em nova pesquisa de intenção de voto sobre a disputa pela Prefeitura de São Paulo, divulgada nesta quarta-feira (5) pela Datafolha, o candidato do PRB Celso Russomanno voltou a crescer na preferência do eleitorado. Em relação à pesquisa anterior, Russomanno foi de 31% para 35%. O crescimento de quatro pontos o coloca na liderança isolada da disputa.

José Serra, do PSDB, oscilou mais um ponto para baixo e foi de 22% para 21%. Fernando Haddad (PT) voltou a subir e foi de 14% para 16%. Como a margem de erro é de 3 pontos para mais ou para menos, Serra e Haddad estão em empate técnico.

O candidato do PMDB, Gabriel Chalita, manteve os 7% da pesquisa anterior. Soninha Francine (PPS) tem 5% e Paulinho da Força (PDT), 1%.

A intenção de voto nos demais candidatos e o número de eleitores que declararam voto branco ou nulo ou não responderam não foram divulgados.

Em simulações de segundo turno, Russomanno venceria tanto Serra quanto Haddad. O instituto também investigou um eventual enfrentamento entre Serra e Haddad na fase final. Nesse caso, o candidato petista venceria o tucano.

Rejeição

O Datafolha também testou a rejeição dos candidatos. José Serra apresenta o maior índice ? 42%. Paulinho da Força e Soninha têm ambos 20% de rejeição. Fernando Haddad fica logo atrás, com 18%.

Os candidatos do PRB e PMDB são os que apresentam menor índice de rejeição. 12% do eleitorado disse que não votaria em Russomanno, enquanto Chalita não têm os votos de 11% dos entrevistados.

A rejeição dos demais candidatos não foi divulgada.



Fonte: Yahoo