Sarkozy quer que ONU imponha sanções contra Irã até maio

Sarkozy e o presidente americano, Barack Obama, discutiram o assunto durante um encontro na Casa Branca

Washington, 13 abr (EFE).- O presidente da França, Nicolas Sarkozy, disse hoje que as Nações Unidas deveriam baixar novas sanções sobre o Irã no máximo até maio.

"A hora da verdade se aproxima", afirmou Sarkozy em uma entrevista coletiva concedida durante a Cúpula sobre Segurança Nuclear, em Washington.

Estados Unidos e França foram os principais promotores de mais sanções contra o Irã em represália a suas ambições nucleares, em particular seu suposto plano de elaborar uma bomba atômica.

Sarkozy e o presidente americano, Barack Obama, discutiram o assunto durante um encontro na Casa Branca no dia 30 de março.

Em entrevista coletiva conjunta nessa ocasião, Obama disse confiar que as sanções estariam prontas em semanas, mas reconheceu que ainda não havia "unanimidade" sobre o assunto na comunidade internacional.

Fonte: UOL