Sarney considera crise superada após decisão do Conselho de Ética

José Sarney acompanhou parte da votação pela televisão, do gabinete da presidência do Senado

O presidente do Senado José Sarney (PMDB-AP) considerou que uma das etapas da crise pela qual passa a Casa foi superada nesta quarta-feira (19), com o arquivamento pelo Conselho de Ética de todas as 11 denúncias e representações contra ele.

Sarney acompanhou parte da votação do Conselho de Ética pela televisão, do gabinete da presidência do Senado. Quando a sessão havia começado, Sarney participava de uma cerimônia no Itamaraty, ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo a assessoria de Sarney, ele acompanhou a votação com ?tranquilidade e serenidade? e negou que ele tenha comemorado a decisão do Conselho de Ética. Sarney teria manifestado ainda que gostou do conteúdo da nota divulgada mais cedo pelo presidente do PT, Ricardo Berzoini, que responsabiliza a antecipação do calendário eleitoral de 2010 como pano de fundo para a crise no Senado.

Para Sarney , o momento agora é de ?retomar a agenda positiva?, que inclui a votação de projetos em plenário, as discussões sobre as reformas eleitoral e administrativa do Senado, entre outros pontos.

Fonte: Imirante, www.imirante.com.br