Sarney nega que vá assumir Presidência da República

Sarney nega que vá assumir Presidência da República

Segundo Sarney, significa "procurar cabelo em casca de ovo"

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), negou nesta quinta-feira que vá assumir a Presidência da República a partir de agosto. Essa hipótese, segundo Sarney, significa "procurar cabelo em casca de ovo". "O presidente Lula, que não se licenciou nem para ele mesmo concorrer à Presidência, iria se licenciar para acompanhar a campanha de outra pessoa?", disse o senador.

A notícia surgiu em coluna do jornal O Globo, segundo a qual Lula avalia a possibilidade de se licenciar para acompanhar a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, na campanha para eleição presidencial. De acordo com a informação, a decisão dependeria do andamento da campanha e da necessidade de mais empenho do presidente para eleger sua candidata.

Como os outros nomes da linha sucessória - o vice-presidente José Alencar e o presidente da Câmara dos Deputados, Michel Temer (PMDB-SP) - estarão afastados de suas funções porque também serão candidatos, Sarney ficaria com o cargo. "Quem já foi presidente precisa lutar para ser presidente interino?", questionou o senador.

Os líderes da base governista também receberam a ideia com estranheza. A assessoria do líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza (PT-SP), disse que ele desconhece a informação. Já o líder do PSB no Senado, Renato Casagrande (ES), afirmou que também considera a hipótese remota.

Fonte: Terra, www.terra.com.br