Sasc realiza encontro com novos beneficiários do Bolsa Família

O encontro técnico será realizado na quadra do Colégio Santa Rita

A Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc), por meio da Coordenação Estadual do Cadastro Único e Programa Bolsa Família, realiza, nesta quinta-feira (7), no município de Picos, encontro com os 978 novos beneficiários do programa.

O encontro técnico será realizado na quadra do Colégio Santa Rita, a partir das 14h, com a participação da Prefeitura de Picos, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Em Picos, 16.441 famílias são inscritas no Cadastro Único, dados de dezembro de 2015. Em janeiro deste ano, já foram 978 famílias beneficiadas pelo programa, o que representa R$121 mil a mais, injetados na economia da cidade.

De acordo com secretário da Sasc, Henrique Rebêlo, o programa tem novidades. Em março deste ano, os beneficiários do Bolsa Família já tiveram  a opção de receber o dinheiro creditado diretamente em uma conta poupança e utilizar o cartão de débito para compras, saques, consulta a saldo e extrato bancário. “Essa possibilidade está voltada às famílias que já possuem ou queiram abrir uma Poupança. A abertura é facultativa, sem custos ou taxas, e deve ser feita em qualquer lotérica ou correspondente Caixa Aqui. Isso traz mais segurança e praticidade aos beneficiados”, explica o gestor.

Bolsa Família (Crédito: Foto Ilustrativa)
Bolsa Família (Crédito: Foto Ilustrativa)



A Sasc irá realizar capacitações com os entrevistadores do Cadastro Único e Bolsa Família. A secretaria já realizou capacitações para mais de 1.200 técnicos municipais em curso de 32 horas.

A qualificação visa à correta identificação da situação social e econômica das famílias piauienses, mapeando as necessidades e encaminhando para os mais de 35 serviços, programas e projetos que se articulam com o Cadastro Único no âmbito dos municípios, estados e governo federal.

O programa

Instituído em 2003, o Bolsa Família contribui para a superação da pobreza de duas formas: complementa a renda de famílias de baixa renda e acompanha, nas áreas de Saúde e Educação, as crianças, os adolescentes e as mulheres grávidas que recebem o benefício

Fonte: ASCOM