Secretaria da Segurança e OAB discutem parceria na formação de PMs

Também participou do encontro a delegada Eugênia Villa

O secretário de Estado da Segurança Pública do Piauí, Fábio Abreu, recebeu, em audiência, o diretor da Academia de Polícia e representantes da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Piauí. Na pauta, a assinatura de um termo de cooperação para levar informações aos profissionais da segurança pública sobre a Lei 8.906/94, que trata das prerrogativas do advogado. Também participou do encontro a delegada Eugênia Villa, diretora de Gestão Interna da SSP-PI.

O diretor da Acadepol, Roberto Carlos Sales, afirmou que a parceria é sempre bem-vinda. Fábio Abreu explicou que o curso de formação já tem participação de advogados que, por meio de palestras, levam informações aos novos agentes de segurança pública. Ressaltou que também é importante tratar especificamente sobre as prerrogativas.

“É relevante para o processo de formação. Esclarecer é fundamental e, neste caso, quais direitos e prerrogativas do advogado, faz com que os novos profissionais da segurança pública já iniciem com informações que podem minimizar problemas”, analisou o secretário Fábio Abreu.

O secretário adjunto da OAB-PI e presidente da Comissão Nacional de Defesa das Prerrogativas e Valorização da Advocacia, Antomar Gonçalves Filho, destacou que a Ordem tem como um de seus objetivos manter parceria com as instituições. “Nesse caso, acreditamos que seria importante a OAB-PI ter a oportunidade de indicar um mestre em direito para ministrar aulas sobre direitos e obrigações dos advogados na Acadepol para alunos em formação. Esperamos em breve assinar este termo de cooperação”, disse Antomar Goncalves, que, na oportunidade, estava acompanhado do presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas da OAB-PI, Antônio Sarmento. 

Fonte: Com informações do Portal do Governo