Secretário de Fazenda garante que a Lei de Responsabilidade Fiscal está sendo cumprida

O secretário contestou a visão do deputado Cícero Magalhães que afirmou que a Lei está quase ultrapassada

O deputado Cícero Magalhães (PT) considerou recentemente em uma emissora de rádio de Teresina que a Lei de Responsabilidade Fiscal está próxima de ser ultrapassada no estado do Piauí. A sua visão foi contestada durante o programa Agora, da Rede Meio Norte, desta terça-feira, 1, pelo secretário de Fazenda do Estado, Silvano Alencar.

?Quando nós assumimos o governo a situação era mais difícil. Naquela oportunidade o governador Wilson Martins nos orientou a buscarmos soluções e nem de procurar culpados para os problemas que o estado enfrentava. Segundo essas orientações a gente sai do governo na certeza de que a situação está melhor do que encontramos, até porque só gastamos o que ganhamos. O estado está com suas contas equilibradas?, disse ele.

Segundo ele administrar apenas folha de salário não é a única preocupação de Wilson Martins e do futuro governador, Marcelo Casto. ?A princípio a preocupação era não ser um governo que iria administrar apenas uma folha de salário, essa preocupação está presente no futuro governador Marcelo Castro. Essa história de contratação de pessoal não é objeto apenas do novo governador. Marcelo pretende continuar fazendo investimentos e também promovendo o desenvolvimento do estado. Quanto aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal está tudo no relatório que é enviado para a Assembleia, é um documento público. O limite é de 49% e nós estamos com 47%, um limite razoável que está dentro da Lei?, conclui.





Fonte: Denison Duarte