Secretário de Saúde faz balanço e garante o foco nas redes de atenção no Piauí

"Primeiramente, estamos estruturando tudo, lá em Piripiri, por exemplo, temos uma UTI com 7 leitos, e nós vamos ampliar para 10 leitos

Com noventa dias de administração completados, o secretário estadual de Saúde, Francisco Costa (PT), fez na manhã de ontem (30) um balanço dos maiores desafios enfrentados no início do Governo, tal como as conquistas alcançadas no período.


De acordo com ele, os débitos herdados da gestão anterior continuam sendo um grande empecilho para melhorias na área, contudo, frisou para a regularização no atendimento, possibilitada através de um trabalho organizado e estratégico.

"Nós estamos enfrentando muitas dificuldades nesses primeiros três meses por conta desse endividamento de toda a secretaria isso se estende a terceirizados e servidores de modo geral, no entanto, por outro lado temos buscado alternativas através de recursos junto ao Ministério da Saúde, principalmente focado nas redes de atenção para que a gente possa fortalecer e implantar o plano de governo que se pretende para o Estado", garantiu.

O secretário disse que nos municípios do interior o desenvolvimento dos hospitais regionais desponta como uma importante plataforma do Governo, desse modo já estão sendo vislumbradas medidas que visam ampliar a estrutura desses espaços, objetivando a expansão da rede.

"Primeiramente, estamos estruturando tudo, lá em Piripiri, por exemplo, temos uma UTI com 7 leitos, e nós vamos ampliar para 10 leitos.

Floriano e Picos também estamos em obras, adequando unidades para atender a parte da rede cegonha como também já pautamos com a construtora do novo hospital de Picos, parcelamos o endividamento e ele está reorganizando o projeto", indicou.

 

Fonte: Francy Teixeira