Secretário de Saúde pede relatório estrutural de hospitais do Piauí

Objetivo é melhorar a qualidade do atendimento para população

O secretário estadual de Saúde, Francisco Costa, visitou neste final de semana os hospitais dos municípios de Esperantina e Pedro II. O secretário de Desenvolvimento Rural, Francisco Limma, também participou da visita.

No Hospital Regional Júlio Hartman, em Esperantina, Costa avaliou toda a ambiência e solicitou à equipe técnica um relatório situacional da estrutura física da unidade. Para o diretor do hospital, Alípio Sady, “a visita foi muito positiva e com a apresentação desse relatório vamos buscar uma adequação da atual estrutura”.

O hospital faz uma média de 6.400 atendimentos por mês, sendo referência para aquela região, como lembra a prefeita Vilma Amorim. “A demanda é muito grande, já que o hospital atende a uma população de 13 municípios, principalmente no que diz respeito à saúde da mulher”, afirma

Além do atendimento ambulatorial, o hospital também oferta serviço de urgência e emergência e realiza exames de ultrassom e eletrocardiograma, com média de 200 por mês, por cada tipo. E raios-x, em torno de 1.400.

Em Pedro II, o secretário conheceu as instalações do Hospital Maternidade Josefina Getirana Netta, gerido pelo município, e do hospital filantrópico São Camilo. “Nós temos a necessidade de, cada vez mais, junto do poder municipal, melhorar o atendimento na atenção básica e também na assistência, que é o foco maior. Conhecemos a estrutura física e o arsenal de equipamentos disponível para que possamos otimizar mais”, disse.

A prefeita de Pedro II, Neuma Café, acrescenta, “hoje o município dispõe de duas estruturas hospitalares oferecendo praticamente o mesmo serviço. Então, em parceria com o Governo do Estado, iremos buscar maneiras de modo que elas funcionem de uma forma mais organizada”, frisou.

Para Costa, após a avaliação será possível apresentar uma proposta que visa “melhorar a qualidade do atendimento para população e aumentar a oferta de procedimentos”, concluiu.

Fonte: Jornal Meio Norte