"Seis mil quilômetros de ferrovias serão construídos até 2010", diz Lula

Até 2010, serão construídos 6,03 mil km de ferrovias em todo o Brasil, disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva

Até 2010, serão construídos 6,03 mil km de ferrovias em todo o Brasil, disse o presidente Luiz Inácio Lula da Silva na coluna ?O presidente responde?, reproduzida semanalmente por jornais.

Questionado por um estudante de Dracena (SP), sobre projetos de reativação de transportes públicos na cidade, Lula disse que o governo vai investir R$ 13,88 bilhões na construção de rodovias até o próximo ano e R$ 4,1 bilhões depois de 2010. Ele ressaltou que na Nova Transnordestina, 807 km de trechos em obras estão na fase de preojetos ou licenciamento. A ferrovia liga Porto de Suape, no Recife, a Porto de Pacém, em Fortaleza. Na ferrovia Norte-Sul, que liga Senador Canhede (GO) a Belém (PA), 356 km de obras foram inauguradas.

Lula anunciou ainda que o governo estuda adotar um modelo de contrato em que as empresas que operam serviços públicos indevidamente ou de forma irregular poderão perder a concessão dos trechos abandonados.

O presidente também comentou sobre os esforços para criar um forte mercado internacional de biocombustíveis. Ele ressaltou que a média mundial de participação no consumo desse tipo de combustível é de 2,3%, no Brasil o biocombustível chega a 25% do total de combustíveis utilizados.

Na coluna, Lula defendeu projetos de segurança pública voltados para ações sociais e capacitação dos profissionais. ?Se antes os fundos da União iam para a compra de viaturas e armas, agora estamos investindo R$ 6,7 bilhõe, até 2012, também em ações sociais que atacam as causas da violência?, disse o presidente.

Fonte: g1, www.g1.com.br