Seis suplentes assumem e reforçam a base do governo na Assembleia

Em substituição aos titulares que assumiram secretarias no primeiro escalão do Governo, seis suplentes de deputados estaduais foram empossados para uma cadeira na Assembleia

Substituindo os titulares que assumiram cargos no primeiro escalão do Governo, seis suplentes de deputados estaduais foram empossados na manhã de ontem para uma cadeira na Assembleia Legislativa. A sessão foi marcada pelos discursos de gratidão ao povo do Piauí e o pedido em torno da união entre as si- glas; assinaram o termo de posse e proferiram o juramento, em ordem: Ziza Carvalho (PROS), Aluísio Martins (PT), Cícero Magalhães (PT), Joel Rodrigues (PTB), Belê Medeiros (PSB) e Henrique Rebelo (PT).

Em seu pronunciamento na tribuna do Legislativo, Rebelo revelou a emoção em voltar à Alepi após dois meses, enfatizando o desejo em contribuir para o desenvolvimento econômico e social do Estado. “Quero agradecer a oportunidade de voltar a essa Casa, hoje como suplente me sinto muito maduro, espero contribuir com o nosso Piauí, esse é um momento de assumir a missão de desenvolver o Estado”, revelou. Já Rodrigues enfatizou o compromisso em respeitar os princípios da administração pública, trabalhando em prol do diálogo e da harmonia, de modo que os piauienses sejam sempre colocados em primeiro plano. “Quero me juntar aos parlamentares dessa Casa com um único objetivo, de cuidar das pessoas que depositaram em nós essa confiança, creio na importância do diálogo, da harmonia, trabalhando e respeitando os princípios que norteiam a administração pública”, comentou.

Em discurso, Belê externou a felicidade de retornar à Assembleia, segundo ela, não por vaidade, mas para poder dar voz aos mais humildes que clamam especialmente por serviços públicos de qualidade nas áreas de saúde e educação na região de Picos. “Trazer para Picos um hospital regional novo para funcionar com qualidade, oferecendo serviço de cardiologia, neurologia, tratamento de oncologia, é poder estar chegando também em Lagoinha, Francisco Santos, Campo Grande, Geminiano, Sussuapara, e tantas outras cidades que estão no entorno onde as pessoas vão buscar serviços na área de saúde e educação em Picos”, disse Belê.

 

Fonte: Francy Teixeira