Sem aliados, deputado Marllos Sampaio conversa com PSB

Sem aliados, deputado Marllos Sampaio conversa com PSB

Como se encontra em posição confortável nas pesquisas de intenção de voto, ele pretende agora se dedicar à busca de aliados.

Ainda sem nenhuma sigla declarando apoio à sua pré-candidatura a prefeito de Teresina, o deputado federal Marllos Sampaio (PMDB) afirmou ontem que ?não tem pressa?, mas aguarda definições, especialmente do PSB, nas próximas semanas. ?Nenhum partido político declarou apoio a minha pré-candidatura, mas não tenho pressa e nem agonia com nada. As coisas vão acontecer naturalmente durante o mês e a principal aliança que um partido deve buscar é com a população?, disse.

O deputado ressaltou ainda que o momento mais difícil passado durante sua pré-candidatura foi o crivo popular.

Como se encontra em posição confortável nas pesquisas de intenção de voto, ele pretende agora se dedicar à busca de aliados. O principal alvo é o PSB, que oscila entre ocupar a posição de vice do deputado estadual Firmino Filho (PSDB) ou da chapa peemedebista.

?Precisamos de aliados para consolidar nossa candidatura. Vamos buscar mais parceiros e propostas que possam somar ao nosso palanque?, pontuou, citando o PRB, PSB e PC do B como aliados preferenciais do PMDB, já que as siglas também estiveram unidas nas eleições estaduais de 2010, quando o PMDB indicou o vice na chapa encabeçada pelo governador Wilson Martins (PSB).

Ele acrescentou ainda que não existe nenhuma chance de que seu irmão, Marco Aurélio Sampaio, que pediu exoneração da Fundespi (Fundação dos Esportes do Piauí) esta semana, dispute a Prefeitura de Esperantina caso Marllos seja de fato candidato no pleito deste ano em Teresina. Em agosto do ano passado, Marco Aurélio substituiu José Gomes na pasta, que foi indicado para a direção da TV Assembleia.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte