Semana do Congresso Nacional é marcada por troca de insultos

A semana não vai ser lembrada por votações importantes.

A última semana no Congresso Nacional não vai ser lembrada por votações importantes ou debates sobre projetos, mas por brigas, bate-bocas e trocas de insultos entre parlamentares, ministros e manifestantes nas dependências do Legislativo.

Em um dos episódios mais tensos, o deputado João Rodrigues (PSD-SC) – defensor da proposta de mudanças no Estatuto do Desarmamento – criticou na última quarta-feira (28), no plenário da Câmara, o colega do PSOL Jean Wyllys (RJ), chamando-o de "escória deste país".

Na resposta, Wyllys acusou o deputado do PSD de "fascista" e lembrou do episódio no qual Rodrigues foi flagrado por uma emissora de TV assistindo a um vídeo pornô em uma sessão da Casa, em maio.

Outra discussão acalorada envolveu nesta quinta (29) o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), e o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga – senador licenciado. Em meio a um bate-boca no Senado, os dois se chamaram de "bandido" e "safado".

Image title

Image title

Image title


Fonte: Com informações do G1