Sen.Sarney chega com D. Marly ao H. Sírio-Libanês, em São Paulo

Dona Marly deve ser operada em razão de fraturas no ombro direito.

A mulher do Senador José Sarney, D.Marly, fará cirurgia em São Paulo por conta de fraturas no ombro direito (Foto: Arquivo / O Estado / TV Mirante)O presidente do Senado, José Sarney, e a mulher, Dona Marly, chegaram ao hospital Sírio-Libanês pouco antes das 13h deste domingo (26) em um helicóptero.

No local, D.Marly deve ser submetida a uma cirurgia por causa de quatro fraturas no ombro direito, resultado de uma queda sofrida na quinta-feira (22).

Segundo a assessoria do Senador Sarney, por volta das 14h, Marly era atendida pela equipe médica do hospital, que deve definir quais exames serão necessários no pré-operatório.

No centro de uma crise no Senado por conta de uma série de acusações, Sarney não deve conversar com a imprensa, ainda conforme sua assessoria.

Ainda não foi definido se a cirurgia será realizada neste domingo nem em qual horário.

Um familiar de um internado no hospital disse ter visto o presidente do Senado sentado na sala de espera do 3º andar do hospital, onde conversava com o médico, por volta de 13h15.

A assessoria de imprensa do Sírio-Libanês informou que não há previsão de boletim médico.

Fonte: AE