Senado aprova projeto de ensino para os deficientes

Senado aprova projeto de ensino para os deficientes

O projeto de lei foi aprovado em caráter terminativo na Comissão de Educação

O Senado concluiu nesta terça-feira a votação de projeto de lei que garante educação em domicílio aos deficientes que, por incapacidade física que impeça a locomoção, não possam frequentar a escola regularmente. O projeto de lei foi aprovado em caráter terminativo na Comissão de Educação e agora vai à apreciação na Câmara dos Deputados.

O autor do projeto, Augusto Botelho (sem partido-RR), destacou que a legislação brasileira que trata da educação da pessoa com deficiência em escolas especiais e em instituições hospitalares onde o aluno esteja internado nada diz sobre o aluno com deficiência que não tenha condições de sair de casa para frequentar a escola.

"É certo que essa dificuldade é real e não pode servir de motivo para que a pessoa com deficiência deixe de ter garantido seu direito constitucional à educação", acrescentou o parlamentar. Segundo ele, compete ao Poder Público prover todos os meios e recursos para que o estudante tenha seu desenvolvimento educacional garantido, inclusive em sua residência.

Fonte: Terra, www.terra.com.br