Senado gastou R$ 5 milhões em horas extras em julho

No ano passado, gasto em julho foi de R$ 4,4 milhões.

O Senado gastou R$ 5 milhões no pagamento de horas extras no mês de julho deste ano. O mês é marcado pelo recesso parlamentar, que começou no dia 18 e foi até o dia 31.

O dado foi divulgado nesta sexta-feira (28) pela Secretaria Especial de Comunicação Social. O valor é maior do que o gasto pela Casa em julho do ano passado, quando o Senado destinou R$ 4,435 milhões para o pagamento de horas extras.

A Diretoria Geral esclarece que houve um aumento no número de funcionários na Casa. A crise na Casa ganhou as manchetes justamente após a revelação de que houve o pagamento de mas de R$ 6 milhões em horas extras em janeiro deste ano, mês de recesso parlamentar durante todos os 31 dias.

A Secretaria de Recursos Humanos já se adiantou e afirmou que, caso haja incorreções em relação a pagamentos em julho, a compensação será feita em setembro. Em maio deste ano, o Senado anunciou medidas para coibir eventuais abusos no pagamento de hora extra. Foi instituído o sistema de ponto eletrônico e o limite de horas extras passou a ser de duas por dia.

Fonte: g1, www.g1.com.br