Senado vai votar PEC que pretende acabar com o voto secreto

Senado vai votar PEC que pretende acabar com o voto secreto

José Sarney determinou que propostas sejam analisadas a partir do dia 13

O presidente do Senado, José Sarney, determinou nesta terça-feira (5) que entrem em pauta as propostas que tratam do fim do voto secreto. As três propostas de emenda à Constituição (PECs), inclusive para perda de mandado, devem começar a ser analisadas a partir do dia 13. Uma das PECs estava havia dois anos na espera para ser colocada em votação do plenário.

A discussão sobre o fim do voto secreto veio à tona depois do processo contra o senador Demóstenes Torres (sem partido -GO) no Conselho de Ética do Senado. Diversos parlamentares passaram a defender o voto aberto para a cassação de mandatos e em outras votações.

No entanto, mesmo que a PEC seja aprovada na primeira votação, não terá efeito para o processo de Demóstenes, já que ela ainda deve passar por ao menos mais três votações.

Em seu texto atual, a PEC 50/2006, do senador Paulo Paim (PT-RS) acaba com o voto secreto no Congresso Nacional, na Câmara dos Deputados e no Senado Federal.

A proposta institui o voto aberto para votações de perda de mandato, de vetos presidenciais e indicação de autoridades, entre outras.

Fonte: G1