José Sarney anuncia que deixará a política em 2014

José Sarney anuncia que deixará a política em 2014

Senador disse que cumprirá atual mandato até o fim mas depois se dedicará à família e à literatura.

O presidente do Senado e ex-presidente da República, José Sarney (PMDB-AP), disse ontem que não concorrerá novamente a cargos eletivos depois de concluir o atual mandato, que vai até 2014. A declaração de Sarney, que completou 81 anos em 2011, foi feita durante o evento de lançamento do livro "Sarney, a Biografia" -da jornalista Regina Echeverria-, realizado num shopping de São Luís (MA).

A filha do ex-presidente e atual governadora do Maranhão, Roseana Sarney, 58, disse que o pai já vinha manifestando a intenção de concluir a carreira política em razão da idade. "Não foi uma declaração intempestiva, apenas perguntaram e ele respondeu. Ele quer se dedicar mais à literatura. Já está muito dividido, mas é um político nato, faz parte da história do país", disse Roseana.

Segundo a governadora, Sarney quer "encerrar enquanto está bem de saúde" e quer mais "paz para conviver com a família" depois de ter "prestado um serviço à nação", relatou.

Roseana também afirmou ontem que não concorrerá mais a mandatos tanto para o Executivo como para o Legislativo. Ela já havia afirmado em outros momentos que deixaria a política após concluir o atual mandato.

Ela reclamou da falta de reconhecimento em relação à sua carreira política: "Vou fazer o melhor governo da minha vida e vou ficar também de assistente. Cansei de não me reconhecerem. Sempre sou filha de alguém, ou então é a tal oligarquia [do Sarney no Maranhão]."

Fonte: Folha.com