Senador Mão Santa será julgado nesta terça no TRE/PI

A denúncia é do Ministério Público, representado pelo procurador Marco Túlio Caminha

Os últimos julgamentos do ano no Tribunal Regional Eleitoral do Piauí acontecem nesta segunda e terça-feira e devem avaliar o processo de quatro prefeitos piauienses e do senador Mão Santa (PSC). Mão Santa está na pauta da terça-feira e irá responder às acusações de propaganda eleitoral extemporânea, já que no aniversário da capital, o senador, ainda membro do PMDB, teria espalhado outdoors pela cidade parabenizando a população de Teresina. A denúncia é do Ministério Público, representado pelo procurador Marco Túlio Caminha, que pede a aplicação de multa.

O prefeito de Santa Cruz do Piauí, Jurandi Martins, primo do vice-governador Wilson Martins, será julgado na segunda-feira sobre as acusações de compra de votos e abuso de poder. O juiz Othon Mário Lustosa é o relator da matéria. A prefeita de Lagoa Alegre, Gesimar Neves Borges, também responde à denúncias de compra de voto e abuso do poder. Será apreciado um mandato de segurança para ouvir uma testemunha do processo. O relator é o juiz Walter Alencar Rebêlo.

Na terça-feira, além do senador Mão Santa, será julgada a prefeita de Luzilândia, Janainna Marques, respondendo à ação penal do crime tipificado no artigo 299 do código eleitoral. O relator é o desembargador Antônio Peres Parente.

O prefeito de Guaribas, Ercílio Matias de Andrade, e sua vice Iracema Duarte, serão julgados por abuso do poder econômico e político, conduta vedada ao agente público e improbidade. O relator é o juiz Walter Alencar Rebêlo.

O prefeito de Barro Duro. Deusdete Lopes da Silva e a vice Maria Direnice Melo de Souza, são acusados de compra de voto nas eleições de 2008. O relator é o juiz Walter Alencar. A prefeita de Eliseu Martins, Teresinha Dantas, será julgada por ter praticado crime eleitoral quando ainda era vice-prefeita do município.

Fonte: Francisco Lima e Sávia Barreto