Senador Wellington Dias quer incentivos à aviação em Parnaíba

Senador Wellington Dias quer incentivos à aviação em Parnaíba

O aeroporto da cidade, disse ele, está preparado para receber vôos nacionais e internacionais

O senador Wellington Dias (PT-PI) informou que a empresa aérea Passaredo deve fazer vôos regulares para o aeroporto de Parnaíba (PI) a partir de julho. O aeroporto da cidade, disse ele, está preparado para receber vôos nacionais e internacionais, mas, por falta de interesse das grandes empresas de aviação em vôos regionais, está hoje relegado a vôos particulares e de táxi aéreo.

Parnaíba, afirmou Wellington Dias, está localizada em área privilegiada, próxima ao delta do rio homônimo e dos Lençóis Maranhenses, no Maranhão. Trata-se, portanto, da porta de entrada para uma região onde turismo tende a crescer muito, estando a seis horas de vôo da Europa.

O parlamentar, que é ex-governador do Piauí, defendeu o estabelecimento do conceito de linha aérea com rota definida e específica para vôos caracterizados como regionais e de interesse estratégico nacional, com concorrência pública para definir empresa operadora com prazo mínimo de 10 anos. Ele propôs que as rotas regionais tenham sempre ligação com um ou mais aeroportos com vôos nacionais ou internacionais.

O representante piauiense defendeu a concessão de incentivo fiscal com alíquota zero de tributos federais e estaduais para a compra de aeronaves para uso exclusivo nestas rotas. Esses incentivos também devem beneficiar os combustíveis vendidos nos aeroportos regionais.

Wellington Dias defendeu ainda a criação de uma linha de crédito do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) específica para o financiamento de aeronaves e outros equipamentos para a aviação regional. Ele propôs ainda a abertura de capital das empresas de aviação regional para estrangeiros, até o limite de 49%, e a revitalização do Fundo de Incentivo à Aviação Regional.

Para o senador, a diminuição das distâncias e do valor das passagens, trazidos pelas rotas regionais, facilitariam a integração do país e trariam desenvolvimento para diversos setores da economia, em especial o turismo, o comércio, a indústria e a mineração.

Fonte: Portal Costa Norte