Senadora Regina Souza pede audiência para discutir crise de água no Brasil

Na justificativa da proposição, a parlamentar comentou que as dificuldades em torno do abastecimento afetam diretamente a economia do país, causando empecilhos para a plena administração pública

Com a preocupação de que a crise no abastecimento de água se estenda para outras localidades, a senadora piauiense Regina Souza (PT) apresentou um requerimento à Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA), solicitando uma audiência pública para discutir políticas que resolvam a questão e ao mesmo tempo previna que situações do tipo ocorram nas demais regiões do Brasil, sendo que a concentração dos problemas está no Sudeste.

Na justificativa da proposição, a parlamentar comentou que as dificuldades em torno do abastecimento afetam diretamente a economia do país, causando empecilhos para a plena administração pública; neste sentido, a senadora destacou que a população é a maior afetada.

"A crise de abastecimento que está colocada já vem trazendo impactos diretos para a população e para a economia brasileira. Mesmo que ainda esteja concentrada no Sudeste, é consenso que o impacto poderá se espraiar pelo país", descreveu.

O requerimento segue apresentando a necessidade da tomada de ações por parte do Legislativo, orquestrando a mobilização sob a conscientização e a adoção de medidas coercitivas, através de soluções estruturais a médio e longo prazo.

A audiência que ainda não tem data para acontecer, deverá contar com a presença da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira; o ministro da Pesca e Aquicultura, Helder Barbalho; o coordenador da Articulação do Semiárido (ASA/Brasil), Neidson Batista; além do secretário executivo do Instituto Socioambiental (ISA), André Villas-Bôas e o representante do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, Carlos Nobre.

 

Fonte: Framcy Teixeira