Senadores aprovam relatório que recomenda cassação de Delcídio

Defesa do ex-líder do governo pediu pena mais branda

No inicio da tarde desta terça-feira (03), o relator do processo de cassação de Delcídio do Amaral (sem partido-MS) no Conselho de Ética do Senado, senador Telmário Mota (PDT-RR) recomendou a cassação do mandato do parlamentar do senador  do Mato Grosso do Sul.

Mais tarde, os senadores que compoem o Conselho de Ética aprovaram a recomendação do senador Telmário Mota com 13 votos sim, nenhum não e uma abstenção. O processo agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça, que terá um prazo de cinco sessões para analisar aspectos constitucionais, legais e jurídicos do processo. Em seguida, o relatório de Telmário Mota tem de ser votado pelo plenário da Casa. 

Ao votar pela cassação do mandato de Delcídio, o relator argumentou que o colega do Legislativo desrespeitou o Código de Ética e Decoro Parlamentar.

"Não há qualquer dúvida de que o senador Delcídio do Amaral abusou de sua prerrogativa constitucional", observou Mota.

Senador Delcídio do Amaral (Crédito: Reprodução)
Senador Delcídio do Amaral (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do G1