Senadores usaram R$ 142 mil de verba para promoção no recesso

Foram serviços pagos para divulgações em emissoras de rádio e TV, além de mensagens em jornais.

Dezesseis dos 18 senadores que usaram verba indenizatória em Janeiro gastaram R$ 142.616,70 do Senado para promoção pessoal ? mês de recesso ? para Divulgação de Atividade Parlamentar.

Seis deles são pré-candidatos à reeleição este ano. Foram serviços pagos para divulgações em emissoras de rádio e TV, além de mensagens em jornais. Mas chamam a atenção gastos com websites e consultorias para redes sociais. As excelências estão mais atentas ao poder da internet.

Os pré-candidatos que usaram verba para promoção nas férias são Acir Gurgacs, Alfredo Nascimento, Cícero Lucena, Collor, João Durval e Mozarildo Cavalcanti.

A despeito de ter direito constitucional a quatro seguranças da PF, Fernando Collor gastou R$ 14.531,16 com seguranças particulares.

Já o senador José Agripino usou verba indenizatória para pagar R$ 5.429,39 para empresa de segurança 24h por 42 dias entre 20 de Dezembro e 31 de Janeiro para sua casa em Brasília.

Fonte: colunaesplanada.blogosfera.uol