Sérgio Cabral e Eduardo Paes visitam Lula em hospital em SP

Sérgio Cabral e Eduardo Paes visitam Lula em hospital em SP

Lula realizou uma ressonância magnética e uma laringoscopia e ambos os testes deram negativo.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi visitado, na manhã desta quinta-feira, pelo governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, e pelo prefeito da capital fluminense, Eduardo Paes. O encontro aconteceu no hospital Sírio-Libanês, às 10h30 e durou 40 minutos.

Lula foi ao hospital para fazer mais uma sessão de fonoaudiologia. A assessoria do Instituto Lula não informou o teor da conversa entre os políticos.

Exames que o ex-presidente fez na manhã de quarta-feira, no hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, indicaram que ele não não tinha mais sinais de câncer na laringe. Lula realizou uma ressonância magnética e uma laringoscopia e ambos os testes deram negativo.

"Não podemos falar em cura, mas podemos dizer que não temos mais sinais da doença. É um alívio", disse um dos médicos que tratam do ex-presidente. Em nota, o hospital Sírio-Libanês afirmou que foram realizados exames que mostraram a "ausência de tumor visível". Os procedimentos médicos demonstraram uma pequena inflamação nas áreas submetidas à radioterapia, como já era esperado.

Lula deve continuar com as sessões de fonoaudiologia e iniciará programação de avaliações periódicas.

O câncer de Lula

Após queixa de dores de garganta, Lula realizou uma série de exames na noite de 28 de outubro do ano passado. Na manhã do dia seguinte, foi divulgado boletim médico do Hospital Sírio-Libanês, de São Paulo, informando que foi diagnosticado um tumor maligno na laringe, que seria inicialmente tratado por quimioterapia.

O câncer na região da laringe é mais comum entre homens e o de maior incidência na região da cabeça e pescoço. Os principais fatores que potencializam a doença são o tabagismo e o consumo de álcool. Já os sintomas são: dor de garganta, rouquidão, dificuldade de engolir, sensação de "caroço" na garganta e falta de ar.

Fonte: Terra