Sérgio Miranda: "Em 2012, poderes deverão ter aumento de 8,5% "

Sérgio Miranda: "Em 2012, poderes deverão ter aumento de 8,5% "

Secretário de Planejamento fala sobre elaboração da Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2012 e prevê crescimento de 8,5% para os poderes.

O Plano Plurianual 2012-2015 será enviado nos próximos meses pelo Governo do Estado para a Assembleia Legislativa do Piauí junto com a Lei de Diretrizes Orçamentárias para 2012. No centro das discussões que envolvem o planejamento econômico do Estado está a Secretaria Estadual de Planejamento, Sérgio Miranda comandada desde a gestão do ex-governador e atualmente senador Wellington Dias (PT).

Sérgio Miranda ressalta em entrevista exclusiva ao Jornal Meio Norte o sucesso das plenárias para a consulta aos Conselhos Territoriais de Desenvolvimento, realizadas nos 11 territórios de desenvolvimento estaduais que são base para o planejamento estratégico do Governo do Estado.

O secretário também comentou as reclamações do presidente do Poder Judiciário, desembargador Edvaldo Moura, que apela por mais recursos para custear o Poder no repasse anual feito

pelo Governo. Sobre esse assunto, Sérgio Miranda frisou: ?Para nós está valendo o ditado popular: ?Em casa que não tem pão, todo mundo grita e ninguém tem razão??.

O secretário ainda fala sobre a iminente crise econômica mundial e os seus prováveis reflexos no Piauí e sobre as novas empresas que apontam para novos investimentos no Estado.

Jornal Meio Norte - O Orçamento do Estado para 2012 será discutido nesse segundo semestre. Já é possível fazer uma previsão do valor para o próximo ano ou indicar alguma mudança que a elaboração do Orçamento pode sofrer este ano?

Sérgio Miranda - Já temos uma estimativa dos valores de receitas para o ano de 2012, a variação da Receita Líquida de Impostos e Transferências é de 8,5%, aproximadamente. Esse é o valor médio da variação, mas cada fonte de recursos, como ICMS, FPE, Convênios, SUS, FUNDEB, tem sua variação específica, que pode ser maior ou menor que essa média. A grande novidade por enquanto é que o orçamento de 2012 será encaminhado a Assembleia junto com o PPA 2012 2015.

Leia a íntegra da entrevista no Jornal Meio Norte desta quarta-feira.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte