Serra contratou filha de "homem-bomba do PSDB"

Serra contratou filha de "homem-bomba do PSDB"

Tatiana Arana Souza Cremonini recebia salário de R$ 4.595 mais gratificações

O candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, nomeou a filha do ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S.A), Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, assim que assumiu o governo do Estado São Paulo, em janeiro 2007. Segundo reportagem do Jornal Folha de S.Paulo deste domingo (17), Tatiana Arana Souza Cremonini, filha ?do homem-bomba do PSDB?, foi contratada como assistente técnica de gabinete. Salário: R$ 4.595 mais gratificações.

O jornal diz que a Secretaria de Comunicação do governo informou que Tatiana foi contratada por sua formação profissional e fluência em inglês e espanhol. Já a assessoria do tucano afirmou que "os processos de nomeação de servidores de confiança são instruídos pelas secretarias responsáveis pela indicação, chegando às mãos do governador após processo de avaliação criterioso, como ocorreu nesse caso".

Serra não respondeu ao jornal se era de seu conhecimento que Tatiana era filha do ex-diretor da Dersa, suspeito de embolsar R$ 4 milhões da campanha presidencial do tucano.

O advogado José Luís Oliveira Lima, que defende Paulo Preto, não respondeu ao jornal até o fechamento da reportagem. Ele nega as acusações.

Outra filha de Paulo Preto também está envolvida em denúncias. O PT de São Paulo foi ao Ministério Público afirmar que Priscila Arana não deveria atuar como advogada da Dersa e de empreiteiras contratadas pela própria Dersa para executar obras do governo estadual, como o rodoanel.

Priscila e sua mãe, Ruth, emprestaram R$ 300 mil ao senador eleito Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), para a compra de um apartamento, mas o tucano disse que já pagou o empréstimo.

Fonte: R7, www.r7.com