Serra diz que Lula "está terminando bem o governo"

Governador de SP deve lançar candidatura à Presidência no início de abril.

O governador José Serra nesta sexta-feira (19) durante assinatura de convênio para implantação de escola técnica voltada à área de mídia eletrônica (Foto: Ciete Silvério/Divulgação)

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), disse nesta sexta-feira (19) que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) "está terminando bem o governo". PT e PSDB deverão se enfrentar na campanha para a Presidência da República neste ano.

Serra foi questionado pelo jornalista José Luiz Datena, da Band, se os partidos que o apoiarão irão conseguir superar a força política de Lula.

"Eu não comparo uma coisa com a outra. O Lula fez dois mandatos, está terminando bem o governo. O que nós queremos para o Brasil? Que ele continue bem e até melhore. Então aí, não é o partido que vai se comparar. O partido te apóia, você tem que ver quem é que vai ser presidente, quem vai dirigir as coisas, porque o presidente é insubstituível. Ele não governa terceirizado", disse.

Na entrevista, veiculada no SP Acontece, programa diário comandado por Datena na Band, Serra afirmou que lançará sua candidatura ao Palácio do Planalto no começo de abril. Em fevereiro, o PT lançou a candidatura da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, à Presidência.

O governador foi questionado ainda se sua estratégia de campanha seria separar a figura do presidente da figura de Dilma.

"Você, quando é eleito, eu sou governador e fui prefeito, quem toma as decisões, inclusive nos momentos difíceis é o prefeito, o governador e o presidente. Isso é insubstituível. Não há delegação nesse caso e você responde ao povo porque o povo te deu o voto. Não há ninguém que governe com alguém paralelamente ? nem acho que esse seja o caso , nem o Lula pretenderia fazer isso ? mas isso não funcionaria no Brasil e nenhum lugar do mundo", respondeu.

Em outra pergunta, sobre se considerava sua história de vida mais forte do que a história da ministra, o governador respondeu: "Eu tenho uma história. O pessoal vai conhecer a história, vai conhecer a história dela, das outras, da Marina (Silva, senadora do PV que é pré-candidata à Presidência), que é uma pessoa de muitos méritos. E vai julgar, vai analisar e vai decidir", disse.

Fonte: g1, www.g1.com.br