Serra está preparado para presidir país em momento difícil, diz Aécio

Aécio falou em ‘alargamento irresponsável de gastos’ no governo Lula.

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse que nesta quarta-feira (17) que o governador de São Paulo e pré-candidato tucano à Presidência da República, José Serra, está preparado para enfrentar os desafios provenientes do que chamou de ?alargamento irresponsável dos gastos públicos" durante a gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

?[Serra] É um grande candidato. É um homem absolutamente preparado para esse desafio de presidir o país no momento em que as cosias não serão tão fáceis como parecem agora. Nós temos problemas graves de déficit em conta corrente, um alargamento irresponsável dos gastos públicos sem qualquer contrapartida na prestação de serviços?, afirmou Aécio durante visita à cidade de Poços de Caldas, no sul de Minas.

O governador reiterou que não pretende ser vice numa chapa com Serra e disse que pode contribuir mais com a candidatura tucana concentrando os esforços em Minas Gerais. ?A partir do momento em que meu partido escolheu Serra como candidato, não serei fator de divisão?, afirmou. Aécio também criticou a possibilidade de uma campanha eleitoral plebiscitária, em que o foco seria a comparação entre a gestão de Lula e a de Fernando Henrique Cardoso.

?O mais importante não é a disputa de quem fez mais, se foi FHC, se foi Lula, porque foram momentos distintos e cada um contribuiu no seu tempo. O mais importante é saber quem tem mais condições de fazer mais?, afirmou. Para Aécio, é preciso reconhecer os feitos dos dois presidentes. ?O Brasil não foi descoberto em 2003?, destacou ele ao dizer que os avanços começaram ainda no governo de Itamar Franco, com o Plano Real.

Fonte: g1, www.g1.com.br