Servidores da Adapi anunciam greve geral nesta segunda

Desde o final do ano passado, os servidores da Adapi vêm reivindicando melhorias salariais e nas condições de trabalho

Desde o final do ano passado, os servidores da Agência de Defesa Agropecuária (Adapi) vêm reivindicando melhorias salariais e nas condições de trabalho. Sem chegar a um entendimento satisfatório, a categoria anunciou uma paralisação geral já para esta segunda-feira, dia 08.

A Associação dos Servidores da Adapi (Asdapi) enviou comunicado à imprensa e convocou os associados e servidores a ?cruzarem os braços? por tempo indeterminado. A idéia é pressionar o Governo por negociação. De acordo com o documento, servidores alegam que ?a manifestação irá ocorrer pelo não atendimento das reivindicações da categoria, que desde novembro vem buscando negociar com o Governo, sem obter respostas?.

Na pauta de reivindicações, está a melhoria das condições de trabalho, implantação de gratificações para técnicos de nível médio, correção salarial para todas as categorias do órgão e implantação do Plano de Cargos e vencimentos próprio. A alegação da categoria é que a ADAPI paga um dos mais baixos vencimentos do país, comparando com as demais agências de defesa agropecuárias.

Com a manifestação, os pré-requisitos para que o Estado atinja a área livre de febre aftosa com vacinação até o final do ano, estão comprometidos. Dentre os critérios estabelecidos pelo Ministério da Agricultura para que o Estado saia da condição de risco médio está a implantação do plano de cargos e salários e estruturação dos escritórios da Adapi, que já estão presentes em quase todos os municípios piauienses. O argumento dos servidores da Adapi é de que há uma carência de infraestrutura (transporte, estrutura de escritório, suprimento de fundos) o que impossibilita a realização dos trabalhos a contento. (M.M)

Fonte: Mayara Martins