Servidores do Itamaraty entram em greve pelo mundo

O impacto da greve já pode ser sentindo por algumas pessoas

Começa a valer nesta terça-feira (12), a greve das Relações Exteriores do Itamaraty no Brasil e outros países, entre a pauta de reivindicações está o pagamento em dia do auxílio-moradia no exterior e os reajustes salariais de assistentes de chancelaria, diplomatas e oficiais de chancelaria.

Image titleO Sindicato Nacional dos servidores do Ministério das Relações Exteriores (Sinditamaraty), convocou uma assembleia geral para os servidores discutirem as ações da greve e apresentar um balanço do movimento pelo mundo.

Os grevistas pedem ainda a concessão automática de passaporte diplomático a todos os membros do Serviço Exterior Brasileiro, que não contempla os assistentes de chancelaria; além de regras para os plantões consular, diplomático e dos setores de comunicações dos postos no exterior, que hoje não têm regime de compensação de horas para quem realiza os plantões.

O impacto da greve já pode ser sentindo por algumas pessoas que precisam de pagamento feito pelo Itamaty, principalmente nos países que tem um custo de vida elevado.

Fonte: Com informações do Terra