Servidor estadual terá atendimento de urgência privado a partir desta quinta

Servidores estaduais que possuem o Iapep Saúde como plano de saúde terão à disposição atendimento de urgência e emergência em hospitais e clínicas

Os servidores estaduais que possuem o Iapep Saúde como plano de saúde terão à disposição atendimento de urgência e emergência em hospitais e clínicas privadas credenciadas a partir desta quinta-feira, 01. A informação foi repassada ontem pelo presidente do Instituto de Assistência e Previdência do Estado (IAPEP), Aloísio Luz. Segundo ele, essa já é uma reivindicação antiga dos servidores e será possível de ser concretizada com a utilização de uma reserva financeira com a diferença entre os valores pagos pelos beneficiários ao Iapep Saúde e o total desembolsado pelo Estado. O superávit é de cerca de R$ 1,5 milhão.

Aloísio Luz frisa que os hospitais e clínicas credenciadas devem passar por um período de adaptação após a determinação do governador Zé Filho (PMDB), que alterou o decreto de regimento do Iapep Saúde. ?Provavelmente demorará de dois a três meses para tudo se ajustar, tanto para o usuário como para o prestador; porém, essa extensão da cobertura representa uma evolução ímpar?, disse, lembrando que os usuários do Plamta já possuem os serviços da urgência e emergência incluídos no plano, enquanto o Iapep Saúde incluía apenas consultas e exames eletivos.

?A assistência médica tem que ser global e não de forma fragmentada?, destaca o presidente do Iapep. Os usuários já podem procurar os serviços em diferentes zonas da cidade. Entre as clínicas credenciadas em Teresina, está o Hospital São Paulo, na zona Leste, que realizará atendimentos tanto de urgência adulto como infantil. Na zona Norte, o Hospital das Clinicas de Teresina (HCT), também estará atendendo os serviços de urgência adulto.

Na zona Sul, o Hospital São Pedro está credenciado. No Centro, os hospitais Casamater, Santa Maria, São Marcos, Itacor, Centro Ortopédico de Teresina (COT), além das clínicas Flávio Santos e Otorrinos já começam a atender. No interior, seis hospitais já estão credenciados sendo divididos nos municípios de Picos, Parnaíba e Floriano. O diretor também ressaltou que em breve, novos hospitais e clínicas serão credenciados.

Fonte: Savia Barreto