Sessão vai marcar os 10 anos da morte de Francisca Trindade; veja

Sessão vai marcar os 10 anos da morte de Francisca Trindade; veja

Foi fundadora e Presidente da Associação de Moradores do Bairro Água Mineral

A Câmara Municipal de Teresina realiza no próximo dia 02 de agosto uma Sessão Solene para homenagear os dez anos da morte de Francisca Trindade (foto), eleita a deputada federal mais votada do Estado com 165 mil votos, e que faleceu aos 37 anos de idade, no dia 27 de julho de 2003, vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) que sofreu durante um discurso em uma solenidade.

A sessão foi proposta pela bancada do Partido dos Trabalhadores composta pelos vereadores Edilberto Borges, o Dudu (viúvo de Trindade), Rosário Bezerra e Gilberto Paixão e acontece às 11h.

Trindade teve sua atuação política ligada aos movimentos sociais e foi uma das fundadoras do Partido dos Trabalhadores no Piauí. Era casada e mãe de Camila e Yan Kalid.

Formou-se em Teologia pela Universidade Federal do Piauí - UFPI, onde estava cursando Filosofia. Participou ativamente como representante do Estado na Central Nacional de Movimentos Populares.

Foi fundadora e Presidente da Associação de Moradores do Bairro Água Mineral por duas gestões, e migrou para a organização da Federação das Associações de Moradores e Conselhos Comunitários do Estado do Piauí (FAMCC), entidade que congrega várias associações de bairro, onde foi também presidente e diretora.

Começou ativamente sua militância política filiando-se ao Partido dos Trabalhadores, em 1985, participando da sua organização e construção. Em 1992 foi candidata a vereadora pelo Partido dos Trabalhadores sendo a primeira suplente com 998 votos, assumindo posteriormente, vaga na Câmara Municipal de Teresina. Em 1996 foi candidata a vereadora, se elegendo com 4.270 votos, sendo a mulher mais votada na eleição e a quinta no total geral.

Em 1998, foi candidata a deputada estadual, elegendo-se como a deputada mais votada de Teresina e a quinta mais votada de todo Estado, com mais de 26 mil votos. (S.B.)

Fonte: Savia Barreto