Silas Freire levanta cartazes em comissão da CCJ que discute a maioridade penal

Mesmo não fazendo parte da Comissão de Constituição e Justiça que discute a redução da maioridade penal, o deputado Federal Silas Freire (PR), não deixou de defender punições para menores infratores.

Silas Freire vai apresentar projeto nesse sentido e que vai tratar da emancipação penal para esses jovens. "Menores em conflitos com a lei que cometerem crimes hediondos devem ser punidos como adultos. Só medidas sócio educadoras não são bastantes para controlar o caos que nossa sociedade vive", defende o deputado.

O deputado Silas Freire acredita que a sociedade não pode mais perder tempo estabelecendo regras para esses menores. Apesar da discussão na CCJ girar em torno de reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos, Silas acredita que só o fato da discussão está em pauta já é um avanço em busca de uma solução.

Silas Freire apoia com todas as forças as propostas que vão modificar as punições aos menores em conflito com a lei, a ponto de levantar cartazes com mensagens que apoiam sua causa.

"O Brasil clama por regras mais rígidas a esses menores que praticam crimes. A Sociedade não pode ser a única a ser penitenciada", finaliza Silas Freire.



Fonte: Assessoria