Sílvio Mendes diz que ainda não definiu por candidatura

O prefeito garante que, por enquanto, declarações a cerca de sua candidatura não passam de especulações

Por enquanto, não passam de especulações. Pelo menos foi isso que o prefeito Sílvio Mendes (PSDB) disse a respeito do lançamento de sua pré-candidatura ao Governo do Estado, nas eleições de outubro deste ano. Mendes voltou a dizer que, no momento, está trabalhando pela cidade e que a definição de sua candidatura passa por uma série de fatores, alguns deles já com sinalização positiva.

Segundo o prefeito, cada um está interpretando "da maneira que quer" cada declaração dada pelos pretensos candidatos. "Repito: não tem nada certo. Está tudo do mesmo jeito, continuo trabalhando por Teresina. Se for para sair, sairei com tranquilidade de que está tudo em ordem, a prefeitura está equilibrada financeiramente", reafirmou.

Dobradinha tucana - Em nível nacional, os tucanos já estudam a possibilidade do PSDB lançar uma candidatura tendo em frente a chapa, como Governador e Vice-governador, os governadores de São Paulo, José Serra e o governador de Minas Gerais, Aécio Neves. Pelo menos por enquanto, a dobradinha tucana está descartada a nível estadual, de acordo com o presidente do diretório regional do PSDB, Luciano Nunes.

De acordo com Luciano Nunes, o partido terá nome para encabeçar uma chapa e que os demais cargos deverão ser ocupados por membros dos partidos que formalizarão uma aliança. "O partido terá um candidato a governador, que queremos que seja o prefeito Sílvio Mendes. Os demais cargos serão negociados com os aliados", pontua, acrescentando que, no momento, estão havendo conversas com todos os partidos. Indagado sobre outros nomes, caso o prefeito Sílvio Mendes não disponibilize o seu, Nunes ressaltou. "Não temos outro nome ainda. Estamos trabalhando para que seja o Sílvio, porque ele tem aprovação e um trabalho que lhe credencia a isso", finaliza. (M.M)

Fonte: Mayara Martins