Sílvio não responde Roberto Jefferson

Chamado de “mau prefeito” pelo atual presidente do PTB, Mendes reagiu e afirmou que não iria responder “grosserias”

A visita do ex-deputado federal Roberto Jefferson ao Piauí no último fim-de-semana causou desconforto entre os tucanos da administração de Teresina. Chamado de ?mau prefeito? pelo atual presidente do PTB, Mendes reagiu e afirmou que não iria responder ?grosserias?.

Com um petebista na Prefeitura de Teresina, o vice-prefeito Elmano Ferrer, sucessor de Sílvio Mendes no comando municipal, caso o prefeito saia para disputar a cadeira de governador, as declarações de Jefferson geraram estranheza na cúpula tucana, que tenta tirar o PTB da base aliada. Segundo o prefeito, a mudança de tom no discurso do pivô do caso mensalão deve ter sido fruto de orientações políticas de lideranças estaduais.

?Não me encontrei pessoalmente com ele, mas vi as declarações na imprensa. Quando ele chegou na cidade, ainda no aeroporto, fez mil elogios ao PSDB e disse que, inclusive, havia facilidade de interlocução do PTB com o PSDB nacionalmente. Logo depois tentou me atacar naquilo que pode me atingir, que é em relação à administração da capital?, argumenta, ressaltando que não se sentiu atingido por Roberto Jefferson.

Mendes explica que aprendeu a tolerar ?esse tipo de jogo?, mas não vai responder às ?provocações? do ex-deputado. ?Enquanto ele falava de mim na imprensa eu estava em casa explicando às minhas netinhas que Teresina tem uma população educada, que recebe bem os visitantes. É melhor ver as virtudes das pessoas?, argumentou.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte