Fernando Haddad vai de ônibus para prefeitura de SP e afirma ter gostado muito

Fernando Haddad vai de ônibus para prefeitura de SP e afirma ter gostado muito

Prefeito diz ter levado menos de 30 minutos entre casa e Prefeitura. Faixas exclusivas e corredores estão entre prioridades da gestão.

O prefeito Fernando Haddad (PT) afirmou que foi trabalhar de ônibus nesta quinta-feira (3). Haddad disse que pegou o ônibus Largo São Francisco, próximo a sua casa no Paraíso, Zona Sul de São Paulo, e demorou menos de 30 minutos até a sede da Prefeitura, no Centro.

"Como prefeito, é a primeira vez que eu ando de ônibus para ir ao trabalho. Eu gostei muito. Eu gosto de ônibus", disse. Haddad fez o trajeto com um assessor. "Tudo maravilhoso. Povo alegre. Todo mundo elogiando as faixas exclusivas", completou, durante visita a obras na Zona Leste.

O uso do ônibus tem sido uma das principais bandeiras do prefeito, que instituiu faixas exclusivas em importantes vias da cidade e promete entregar 150 km de corredores de ônibus até o final do seu mandato. Haddad disse ter ouvido depoimentos sobre "economia do tempo" com a implantação das novas faxas exclusivas.


SP: Haddad afirma que foi de ônibus à prefeitura nesta quinta-feira

O prefeito diz que fez o trajeto "de pé para conversar com as pessoas" e afirmou que pretende adotar esse tipo de transporte "sempre que possível".

"É que nem sempre eu vou para Prefeitura, mas da minha casa para o trabalho, o melhor é o ônibus. De caminhada deu 20 minutos. De carro dá um pouco menos porque eu não caminho. Se você considerar que a caminhada não é um prejuízo, eu considero caminhar um ganho, eu ganhei duas vezes", disse.

Estudo

O prefeito havia pedido a sua assessoria militar um estudo sobre a possibilidade de se deslocar de ônibus diariamente. Até dia 1º de outubro, o estudo não havia sido entregue. A Prefeitura afirma que o percurso feito em veículo oficial até o Viaduto do Chá, onde fica a Prefeitura, dura dez minutos, tempo que pode mudar de acordo com o trânsito. O tempo sobe para 15 minutos em média se a viagem for de ônibus.

Cinco linhas foram analisadas. O intervalo, porém, não considera o tempo que Haddad levaria para andar de seu prédio até o ponto e entre o ponto onde descer e o edifício Matarazzo, sede do governo municipal.

?A assessoria militar estuda o cenário completo a fim de evitar riscos de segurança e transtornos a terceiros?, afirmou a Secretaria de Comunicação da Prefeitura. Segundo o órgão, o uso do transporte em horário regular pelo prefeito pode pautar abordagens de pessoas que desejam protestar.

Uma opção que ajudaria o prefeito a evitar os efeitos do trânsito seria usar a Linha 1-Azul do Metrô. O trajeto seria entre a Estação Paraíso e a Estação São Bento.

Fonte: G1