STF autoriza ex-deputado Roberto Jefferson a cumpir pena domiciliar

O ex-deputado já cumpriu um sexto da pena

Image title

O ex-deputado Roberto Jefferson passará a cumprir o restante da pena em regime aberto. A decisão foi autorizada pelo minisstro Luis Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (14).

Roberto Jefferson foi condenado em 2012 a 7 anos e 14 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Com a nova decisão, o ex-deputado passará a cumprir a pena em prisão domiciliar a partir da próxima segunda-feira.

Para justificar sua decisão Luis Roberto de Sousa relata que Roberto Jefferson teve um "ótimo comportamento carcerário", diz que ele pagou a multa que devia à Justiça, no valor de de R$ 840.862,54, corrigidos pela inflalção, comprou que o detento está empregado em um escritório de advocacia, e que com isso ele cumpre os requisitos necessários para a progressão do regime.

Roberto Jefferson já cumpriu um sexto da pena. Um pedido para cumprir pena em casa já havia sido feito, mas tinha sido negado. No pedido anterior ele teria teria problemas de saúde e por isso precisava de tratamento especial. O ex-deputado tem câncer no pâncreas.





Fonte: Com informações do G1