STF libera para Moro ação contra Cunha sobre contas na Suíça

É o primeiro caso contra Cunha que irá para juiz da Lava Jato

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que autorizou abertura de ação penal contra o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) em razão de contas na Suíça foi divulgada no "Diário de Justiça Eletrônico" nesta terça-feira (4) e será considerada publicada na quarta (5). Trata-se do acórdão do julgamento, que é um resumo da decisão tomada.

 A publicação permitirá que a ação penal seja remetida definitivamente ao juiz federal Sérgio Moro, do Paraná, a quem caberá analisar o caso. A mulher de Cunha, Claudia Cruz, já é alvo de ação penal em relação ao tema e agora o ex-parlamentar também responderá em Curitiba. Será a primeira ação contra Cunha que chegará às mãos de Moro.

Tentamos falar com a defesa do ex-deputado sobre o envio da ação à Justiça Federal do Paraná, mas não conseguiu contato até a última atualização desta reportagem. Cunha tem negado publicamente as acusações.

Fonte: Com informações do G1