TeleSol: Vereador questiona edital de convocação para teste seletivo no PI

Conforme divulgado pela Semec, o processo de seleção aconteceu em cinco fases

O vereador Edvan Silva (PTC) se pronunciou na manhã de ontem, no plenário da Câmara Municipal de Teresina, solicitando explicações da Secretaria Municipal de Educação (Semec), sobre o teste seletivo para o Programa

TeleSol, no âmbito da Educação de Jovens e Adultos (EJA) que selecionou profissionais para realização de consultoria nos cargos de Coordenador Pedagógico Geral, Coordenador de Polo, Monitor de Educação Profissional e Técnico Especializado em Educação Profissional.

Conforme divulgado pela Semec, o processo de seleção aconteceu em cinco fases, sendo a primeira correspondente à análise dos currículos, de caráter eliminatório e aconteceu no período de 24 e 25 de março.

A segunda e terceira fases, que são concomitantes e de caráter classificatório, dizem respeito à realização da entrevista e produção de texto, respectivamente, e ocorreram nos dias 26 e 27 de março.

Em seguida, no dia 28 de março, a comissão de seleção procedeu com a análise dos resultados das entrevistas e das produções de textos, cumprindo-se a quarta fase do certame. Na quinta e última fase, no dia 31 de março de 2014, onde foram divulgados os resultados da seleção, conforme o Edital disponível no site www.alfasol.org.br.

"Fomos procurados por algumas pessoas que concorreram às vagas, onde narraram situações estranhas de que realizaram inscrições para uma determinada vaga (ex: Coordenador de Polo) e quando receberam a convocação para a entrevista, foram surpreendidos ao assinarem a lista de presença para o cargo de "Monitor", contesta Edvan.

Fonte: Jornal Meio Norte