Temer confirma licenciamento da presidência do PMDB

Temer confirma licenciamento da presidência do PMDB

Ele almoçou com o senador Valdir Raupp (RO), que irá substituí-lo no cargo

O vice-presidente da República, Michel Temer, ajustou nesta segunda-feira (3) os últimos detalhes do seu licenciamento do comando do PMDB. Temer irá entregar um ofício à Executiva Nacional da sigla oficializando seu afastamento e transferindo a presidência ao senador Valdir Raupp (RO).

No final da manhã desta segunda, Temer e Raupp (RO) almoçaram em Brasília. Líderes do PMDB, como os deputados Eunício de Oliveira e Henrique Eduardo Alves participaram do encontro que serviu para o vice-presidente repassar detalhes administrativos da gestão peemedebista.

A transferência do comando nacional do PMDB não terá cerimônia, sendo confirmada apenas pelo documento em que Temer irá comunicar seu licenciamento. Se Temer ao invés da licença optasse por renunciar à função seria necessário convocar nova eleição. "Almocei com o Raupp e a partir de hoje ele é o presidente do PMDB", disse Temer. A troca de comando será oficializada nesta terça.

No dia 8 de dezembro de 2010, o próprio Raupp já havia divulgado a notícia de que deveria assumir o comando do PMDB. ?Vou assumir a presidência do PMDB porque o presidente Michel, ele ainda não anunciou publicamente, mas ele vai tirar uma licença do cargo. Se ele renunciasse teria de se convocar uma convenção em até 60 dias para escolher o novo presidente, mas com a licença não será preciso?, afirmou Raupp à época.

O mandato de Temer à frente do PMDB vai até março de 2012. Com a opção pela licença, a tendência é que Raupp cumpra este mandato até o final.

Fonte: g1, www.g1.com.br