Teresina tem 2º maior nível de responsabilidade fiscal do país

O balanço foi divulgado ontem pela Confederação Nacional dos Municípios

Teresina é a segunda capital do país com o maior Índice de Responsabilidade Fiscal, Social e de Gestão dos Municípios Brasileiros (IRFS). O balanço foi divulgado ontem pela Confederação Nacional dos Municípios. As capitais com os maiores IRFS em 2010 são: Campo Grande (MS) que obteve 0,507, seguida de Teresina (PI) com 0,505 e Florianópolis (SC) com 0,498. Dentre as 26 capitais avaliadas com o IRFS em 2010, 24 ficaram com índice abaixo de 0,500 sendo João Pessoa (PB) a que obteve o pior desempenho com 0,364.

O Piauí ficou em 16º lugar entre os Estados que obtiveram a melhor média geral, com 0,455. O índice é acima do registrado em Estados como Bahia e Pernambuco. O IRFS é dividido em três subíndices (fiscal, social e de gestão), compostos por 16 índices específicos, calculados a partir de indicadores construídos com informações das prefeituras à Secretaria do Tesouro Nacional (STN) e a outros órgãos oficiais, como Datasus e Inep.

Nível de endividamento e gasto com pessoal, recursos de manutenção da máquina administrativa e investimentos em Infra-Estrutura, em Saúde e em Educação são algumas das informações que compõem o IRFS. Além de comparativo de dados como o custeio da máquina, o esforço de investimento e o superávit primário.

O levantamento ? feito anualmente pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) ? indica quais foram às prefeituras que se destacaram durante o ano, a partir da análise de dados das prestações de contas. E traz comparativos dos resultados desde 2002 para que seja possível avaliar o desempenho geral da administração municipal. O índice da capital piauiense em 2002 era de 0,505 enquanto em 2010, o número registrado subiu para 0,506.

Fonte: Sávia Barreto, Jornal Meio Norte