""Nosso candidato continua sendo o Marcelo Castro"", diz deputado Themistocles Filho

""Nosso candidato continua sendo o Marcelo Castro"", diz deputado Themistocles Filho

Depois da reunião, os peemedebistas reafirmaram o posicionamento de que o partido permanece na base, até a definição do nome.

Depois de uma reunião realizada com alguns dos membros do diretório do PMDB no Piauí, os peemedebistas reafirmaram o posicionamento de que o partido permanece na base, pelo menos até a definição do nome pelo governador Wellington Dias (PT), marcada para março. O deputado estadual Themistocles Filho (PMDB) afirmou que ?estão quietinhos?, reafirmando que o candidato do partido continua sendo o deputado federal Marcelo Castro.

Marcelo Castro, que é presidente do diretório estadual no Piauí, explicou que a reunião foi informal. ?Fui visitar a Assembléia e encontrei com os amigos de partido. Mas não tem como políticos não conversarem sobre política?, explicou, adiantando que durante o encontro os membros analisaram o quadro político da sucessão estadual. ?Essa indefinição está levando os membros dos partidos que compõem a base a dar declarações que acabam desagradando alguns?, lembrou.

Já o presidente da Assembléia, deputado Themístocles Filho, ressaltou que o entendimento do partido continua sendo o mesmo: o de apoio à candidatura do deputado Marcelo Castro encabeçando a chapa da base governista. ?Teremos outra reunião na próxima segunda-feira. A nossa meta é que o partido dialogue entre si para termos um posicionamento único. Um apoio único nas eleições para que fortaleça ainda mais o partido. E o Marcelo Castro continua sendo o nome que acreditamos ser o melhor para representar a base?, enfatiza, destacando que nesse momento as reuniões entre membros do partido são freqüentes.

O presidente do diretório peemedebista no Estado, entretanto fez ressalvas em relação a manutenção do partido na base. ?Se a base se esfalecer, começa tudo do zero. Estaremos livres para formalizar nossas alianças?, diz, negando que já houve conversas com o PSDB. (M.M)

Fonte: Mayara Martins